domingo, 5 de agosto de 2012

Esculpindo palavras


Conta-se que o renascentista Michelangelo – um dos meus artistas prediletos – via a escultura dentro da rocha antes mesmo de esculpi-la. Seu trabalho iniciava justamente observando as pedras por muito tempo, a fim de libertar as imagens existentes dentro delas.
Assim, acredito que possam estar todas as outras obras de arte. Você respira e aspira notas musicais num compasso ainda não descoberto. Nós dois ensaiamos pas de deux jamais apresentados. Da minha parte, interessa-me mais ainda as quantas histórias que pairam pelo invisível, ávidas por serem impressas no papel e vividas em nossas mentes.